Noturnall e Mike Portnoy anunciam datas da “Redemption Tour” com Edu Falaschi e transmissões ao vivo

O lendário baterista Mike Portnoy (The Winery Dogs, Sons of Apollo, ex-Dream Theater), retorna ao Brasil para uma turnê inédita com a banda Noturnall, acompanhados pela participação mais do que especial de Edu Falaschi (ex-Angra).

Batizada de “Redemption Tour”, a turnê passará pelos quatro cantos do Brasil, com nove datas em novembro nas cidades de São Paulo, Nova Friburgo (RJ), Belo Horizonte, Brasília, Recife, Porto Alegre, Goiânia, Limeira e Criciúma. Noites históricas nas quais Portnoy vai entregar um show repleto de clássicos do Dream Theater, além de reencontrar seu ex-parceiro de Adrenaline Mob, o fantástico guitarrista da Noturnall, Mike Orlando. Todos os shows da turnê serão gravados para futuro lançamento.

A Noturnall retorna aos palcos após sua bem-sucedida turnê com a banda Disturbed na Rússia, e apresenta as músicas do seu novo disco, “Cosmic Redemption”. Conhecida por seus shows hollywoodianos e repletos de surpresas, a Noturnall exibirá sua nova formação com Thiago Bianchi no vocal, a guitarra de Mike Orlando, Henrique Pucci na bateria e Saulo Xakol no baixo – com a participação de Larissa Miotto (Zombie Exotic/Pole Dancer).

Edu Falaschi cantará sucessos de sua carreira e, ao lado de Thiago Bianchi, apresentará uma emocionante homenagem a André Matos. A Redemption Tour também fortalece a cena do metal brasileiro, contando com a participação de mais de 20 bandas nacionais ao longo das nove datas.

A tour terá o show de São Paulo transmitido ao vivo pelo canal ShowlivrePlay com câmeras e transmissão 4k aliadas à alta qualidade de áudio.

Noturnall no Rock in Rio
Além da turnê com Portnoy, a Noturnall tem outro ótimo motivo para celebrar. Depois de participar da edição de 2015 do maior festival de música do mundo, o grupo promete inflamar outra vez a plateia do Rock in Rio, dia 4 de outubro, no Palco Supernova. Na apresentação passada, a banda se consolidou como um dos grandes nomes do metal brasileiro, com seu show sendo considerado um dos momentos mais importantes da história do festival, segundo o portal UOL. A banda, visionária e empreendedora, promete surpresas inéditas ao público. Certeza de diversão. “É uma honra representar nosso país novamente, no festival mais importante do mundo!”, exclama um motivado Thiago Bianchi.

Serviço

Redemption Tour – Noturnall + Mike Portnoy + Edu Falaschi
1º – Novembro – Belo Horizonte
Local: Mister Rock BH
Bandas de abertura: Perfect Element, Vienna e VersOVer
Endereço: Av. Tereza Cristina, 295 – Prado, Belo Horizonte – MG, 30410-620
Preços: R$ 60 – R$ 120
Abertura da casa: 21h
Ingressos: https://ticketbrasil.com.br/show/7133-noturnalleconvidados-belohorizonte-mg/

02 Novembro – Brasília
Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Bandas de abertura: Dislaze, Vocifer e VersOVer
Endereço: St. de Divulgação Cultural – Brasília, 05 – DF, 70070-350
Preços: R$ 80 – R$ 240
Abertura da casa: 20h
Ingressos: https://ticketbrasil.com.br/show/7135-noturnalleconvidados-brasilia-df/

03 Novembro – Goiânia
Local: Bolshoi
Bandas de abertura: VersOver, Dilaze e Vocifer
Endereço: R. T-53, 1140 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74215-150
Preços: R$ 100 – R$ 280
Abertura da casa: 19h
Ingressos: https://meubilhete.com/03-11mikeportnoy

07 Novembro – São Paulo
Local: Tropical Butantã
Bandas de abertura: Unthold, Violet e 7th Sign From Heaven
Endereço: Av. Valdemar Ferreira, 93 – Butantã, São Paulo – SP, 05501-000
Preços: R$ 80 – R$ 200
Abertura da casa: 19h30
Ingressos: https://ticketbrasil.com.br/show/7132-noturnalleconvidados-saopaulo-sp/

08 Novembro – Nova Friburgo
Local: Anfiteatro Laércio Ventura
Bandas de abertura: Attractha, Hammathaz e Bruthus
Endereço: 710, R. Salusse, 616 – Centro, Nova Friburgo – RJ, 28625-480
Preços: R$ 60 – R$ 120
Abertura da casa: 19h
Ingressos: https://ticketbrasil.com.br/show/7189-noturnalleconvidados-novafriburgo-rj/

09 Novembro – Limeira
Local: Bar da Montanha
Bandas de abertura: Dislaze, Kameratta e DarkShip
Endereço: Av. Laranjeiras, 2601 – Vila Eliza Fumagalli, Limeira – SP, 13485-254
Preços: R$ 99
Abertura da casa: 20h
Ingressos: http://www.circleofinfinityproducoes.com/events/redemption-tour-noturnallmike-portnoy-feat-edu-falaschi-limeira

10 Novembro – Porto Alegre
Local: Bar Opinião
Bandas de abertura: Dark Ship, Ignited e Bruthus
Endereço: R. José do Patrocínio, 834 – Cidade Baixa, Porto Alegre – RS, 90050-002
Preços: R$ 110 – R$ 200
Abertura da casa: 18h
Ingressos: https://bileto.sympla.com.br/event/61364/d/66181/s/343063

15 Nov – Recife
Local: Clube Internacional do Recife
Bandas de abertura: Dune Hill, Sun Diamond e 7th Sign From Heaven
Endereço: R. Benfica, 505 – Madalena, Recife – PE, 50720-001
Preços: R$ 80 – R$ 160
Abertura da casa: 21h
Ingressos: https://www.sympla.com.br/noturnall–mike-portnoy-no-recife__621136

17 Nov – Criciúma
Local: Colher de Chá
Banda de abertura: Eve Desire
Endereço: Rod. Jorge Zanatta – Pres. Vargas, Içara – SC, 88820-000
Preços: R$ 88 – R$ 330
Abertura da casa: 18h
Ingressos: https://ticketmais.com.br/evento/view/39829/mike-portnoy-na-colher

 

Finlandeses do SHIRAZ LANE, que tocarão no Brasil em novembro, apresentam novo clipe

A banda finlandesa de hard rock Shiraz Lane, que tem show agendado no Manifesto Bar (SP) para o dia 9 de novembro, apresenta o novo videoclipe, “Do You”, antecipando o lançamento do novo EP, sucessor do álbum “Carnival Days” (2018). O material, produzido por Per Aldeheim, tem lançamento marcado para janeiro de 2020 pela gravadora Ranka Kustannus.

Confira o vídeo aqui.

Shiraz Lane surgiu na cidade de Vantaa (FIN) e estabilizou sua formação em 2015 com Hannes Kett (vocal), Jani Laine e Miki Kalske (guitarras), Joel Alex (baixo) e Ana Willman (bateria), que estrearam com o EP “Be The Slave Or Be The Change”, destacando-se com o single “Mental Slavery”. As apresentações em festivais no Canadá, Japão e no Wacken Open Air (ALE), onde conquistaram o Wacken Metal Battle 2015, deram a chance de assinar com a Frontiers Music, pela qual debutaram com “For Crying Out Loud” (2016) e seguiram com “Carnival Days” (2018).

Agora será a vez dos brasileiros conferirem de perto o hard rock único dos finlandeses. Os ingressos para o show no Manifesto Bar estão à venda em https://ticketbrasil.com.br/show/7296-shirazlane-saopaulo-sp/

Serviço – Shiraz Lane:
Data: 9 de novembro (sábado)
Abertura da casa: 18h
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36, Itaim Bibi – São Paulo/SP
Ingressos – Vendas no Manifesto Bar e online pela Ticket Brasil em https://ticketbrasil.com.br/show/7296-shirazlane-saopaulo-sp/
Fone: (11) 2574-5256
Cartões: Visa, Mastercard, Elo, American Express e Dinners
Débito: Visa Electron, Maestro, Rede Shop
Censura: 16 anos
Acesso a deficientes / ar condicionado
Wi-fi: a casa possui acesso a internet sem fio
Serviço de Vallet: R$20,00
E-mail:  Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Site: www.manifestobar.com.br


 

Epica – Tropical Butantã, São Paulo – 26/10/2019

Por Rogério Talarico

O Epica é uma banda que definitivamente já está consolidada no país e isso é comprovado com seus shows, estando quase sempre esgotados ou esgotados, como foi o caso do último dia 26 de Outubro em São Paulo. Mesmo após pouco tempo de sua última visita ao país em Março do ano passado, os holandeses conseguiram tal feito mostrando o crescimento de popularidade da deles pelo país.

Mark Jansen e cia vieram ao país divulgando a turnê comemorativa de 10 anos de lançamento do álbum "Design Your Universe", presenteando quem não pode ir a Europa para cerca de apenas 15 datas que o grupo marcou por lá, em comemoração de um de seus álbuns mais aclamados pela mídia especializada mundo afora. Pontualmente as 20h30min, a banda capitaneada pelo guitarrista Mark e pela bela Simone Simons pisou no palco do Tropical Butantã ao som de "Samadhi".

O sexteto resolveu presentear os fãs tocando quase todo o álbum em divulgação na integra, com exceção de White Waters, originalmente é um dueto entre Simone e Tony Kakko do Sonata Arctica, porém sendoi tocada de forma instrumental no final do show enquanto os integrantes saiam do palco. Entre uma e outra canção do álbum, os integrantes falaram algumas palavras em português e inseriu alguns hits de outros álbuns, como a bela "Quietus", tocada após da longa "Kingdom of Heaven" e até mesmo "In All Conscience", lado B do álbum "The Quantum Enigma" música nunca antes tocada até este ano.

Um grande diferencial de ver o Epica ao vivo é a interação existente entre os membros do grupo: além de não pararem um segundo sequer no palco, eles interagem muito com o público e mais ainda entre eles, seja brincando, rindo ou até mesmo ‘ajudando’ o outro a tocar os instrumentos, cena repetidas pelo guitarrista Isaac Delahaye, pelo tecladista Coen Janssen e por Mark algumas vezes durante o show. Simone não fica de fora e brinca demais com seus colegas, mostrando que eles ainda se divertem muito na estrada e toda essa alegria é contagiante.

Os pontos fortes do show certamente foram as canções pouco executadas durante a carreira deles como "Our Destiny" com uma incrível interpretação de Simone e "Burn to a Cinder". Impossível não citar também "Tides of Time" que foi cantada quase à capella por Simons enquanto o público empunhava seus celulares ao alto, com luzes ligadas. A primeira parte do show encerrou com a pesada e ensurdecedora "Design Your Universe" com o baterista Arien mostrando toda a sua destreza, sendo a última canção tocada do álbum de 2009.

Para o bis, deixaram mais algumas clássicas como a já batida "Sancta Terra", "Beyond the Matrix" e a música que encerra todos os shows do grupo desde 2005, a incrível "Consign To Oblivion". O Epica não precisa mais provar nada a ninguém e vem surpreendendo lançamento após lançamento, esperamos que não demorem para voltarem ao país com mais e mais shows, trazendo sempre fortes emoções como as proporcionadas nesta noite.

Set List:

Resign to Surrender
Unleashed
Martyr of the Free Word
Our Destiny
Kingdom of Heaven
Quietus
In All Conscience
The Price of Freedom
Burn to a Cinder
Tides of Time
Deconstruct / Semblance of Liberty
Cry for the Moon
Design Your Universe

Encore:

Sancta Terra
Beyond the Matrix
Consign to Oblivion

 

Venomous - Black Embrace: versatilidade e muito peso sem perder a brasilidade

Por Rogério Talarico

Todo ano, vemos bandas serem criadas e tantas outras, serem desfeitas, seja por incompatibilidade musical, má estruturação do grupo, falta de qualidade musical e consequentemente a baixa quantidade de shows realizados, etc. A novata Venomous, que foi formada em 2017 não se enquadra em nenhum dos quesitos mencionados acima e definitivamente veio para ficar e deixar sua marca no metal brasileiro.

O quinteto lançou dia 09 de Outubro seu segundo álbum intitulado "The Black Embrace", sucessor do aclamado e recém lançado "Defiant" (2018), mostrando que possuem muita criatividade e estão sedentos para excursionar mostrando muito material e criatividade ao mundo.

O álbum conta com 10 faixas e foi produzido por Rogerio Wecko no estúdio Dual Noise Studios e apresenta ao público muito peso, guitarras distorcidas e vocais que variam do gutural ao limpo de forma singular e possuem muitos elementos de músicas brasileiras no decorrer do disco.

A instrumental e rápida "The Orchard" abre o disco com riffs de guitarra e bateria, fazendo uma boa ponte para a pesadíssima "Event Horizon" que, como todo bom death metal, possuem linhas vocais marcantes e riffs aceleradíssimos mas que agradam até quem não é fã do estilo.

Apresentação da banda na feira Horror Expo / Foto: Rogério Talarico

A banda segue o mesmo estilo em "Penitence" mas a primeira grande surpresa do álbum vem logo nos primeiros acordes de "Duality’, remetendo a um new metal e possui vocais limpos executados por Tigas Pereira além de um harmonioso solo, com certeza um dos pontos altos do CD. "Heirs of a Dream" também quebra totalmente o clima do álbum e inicia com um instrumental no estilo maracatu, possuindo mais vocais limpos e também a bela voz de apoio de Nathalia Quinsan, evidenciando que a eles querem mostrar parte da brasilidade mundo afora.

A pesada "Zumbi" dá seguimento e abre as portas para "Black Embrace" seu mais recente single, retomando o clima extremamente pesado e intenso do álbum, com certeza outro ponto forte do disco, talvez pelo seu pegajoso refrão. Em "Rise", a harmonia das linhas de guitarra retoma e é o estopim da canção sendo esta uma das mais leves do álbum.

A pesada bateria de Lucas Prado abre a derradeira "Redemption", que pode ser facilmente seu novo single também pelo seu marcante refrão, remetendo a um destes hinos como "Roots" é para o Sepultura e "Enter Sandman" é para o Metallica, que será facilmente cantado pelo público. Quem comprar o CD físico, ainda será presenteado com uma música bônus, intitulada "Nothing To Say", que conta com a participação de Fernanda Lira (Nervosa) e Mayara Puertas (Torture Squad) nos vocais e que é uma das mais agressivas de todo o CD. Certamente este álbum estará na lista dos sites especializados em música como um dos melhores álbuns lançados pelo Brasil, devido a altíssima qualidade sonora entregue. Vida longa à Venomous.

 

Armored Dawn lança novo disco e promete quebrar barreiras entre estilos

Por Rogério Talarico

No último dia 17 rolou em São Paulo o lançamento do “Viking Zombie” novo álbum do Armored Dawn no Via Matarazzo. O evento que contou com alguns fãs e com a imprensa especializada de Rock/Metal, contou também com a participação dos integrantes da banda que aproveitaram o evento para responder perguntas da imprensa.

No mesmo dia, a banda lançou também o seu novo clipe da faixa “Animal Uncaged”, contendo imagens de sua apresentação no Rockfest, quando tocaram juntamente com Scorpions, Helloween, Whitesnake e Europe.

Ainda sobre este dia, em resposta à pergunta feita pela equipe da MetalConcerts, o vocalista Eduardo Parras respondeu que tinham dúvidas sobre o quão bem a banda seria recepcionada, se teriam pessoas para verem eles ou não (foram a primeira atração do festival), mas tiveram uma ótima recepção e foi a melhor sensação que ele já sentiu, devido ao calor e presença do público, sendo algo incrível e realizador.

Ainda em respostas à MetalConcerts, após a pergunta de nossa equipe guitarrista Heros Trench como foi produzir seu próprio álbum, Eduardo se adiantou ao microfone e respondeu que Heros é metódico e detalhista, sua personalidade e sua forma de enxergar a música é apaixonante. Trench então acrescentou a dificuldade de fazer seu próprio trabalho devido ao seu perfeccionismo e de seu colega de banda o baterista Rodrigo Oliveira, na qual revisou muitas vezes o material composto até chegar a versão final.

O álbum “Viking Zombie” foi lançado no último dia 18 de outubro, possui 9 faixas que mesclam Vicking Metal com nuances de Hard Rock de forma extremamente audível e apresentam um conteúdo inovador ao público brasileiro, pois não é um estilo musical muito difundido pelo país. Disponível em todas as plataformas digitais, é um ótimo álbum e definitivamente vale a pena ser ouvido.

Para conhecer um pouco mais sobre a banda, o single “Ragnarok” é a faixa que abre o disco e pode ser ouvida aqui.

 

Pesquisa

Redes Sociais

Newsletter